Reforma! Cilada?!

Como vocês puderam notar andei sumida… Muito sumida! Durante as últimas semanas muita coisa aconteceu, viagens, reformas mas contarei aos poucos. Por hora preciso fazer um desabafo! Não me agrada muito ficar usando esse espaço para fazer reclamações, mas como esse é meu cantinho virtual, acho também que tenho esse direito. 

Aproveitando as férias do maridão (coitado, que férias!) resolvemos reformar a cozinha e o banheiro. Minha vizinha disse que somos corajosos, na verdade acho que somos loucos mesmos! Só quem já passou por isso sabe a loucura que é fazer uma obra em um apartamento morando nele… O pior é que sabíamos muito bem onde estávamos nos metendo, afinal já fizemos algo parecido no restante do apartamento há alguns anos atrás… Mas é claro que o ser humano sempre pode nos surpreender com sua pequenês de ser e as coisas foram muito piores do que esperávamos… 

Ok, fizemos o orçamento, analisamos o tempo, os custos, essas coisas e resolvemos fechar a bendita reforma… Tudo poderia correr bem e tranquilamente (dentro do possível) se não fosse a má vontade e mente pequena que o ser humano pode vir a ter. 

Primeiro nos estressamos por comprar algo que o vendedor prometeu nos entregar em um dia, mas não cumpriu sua promessa com o prazo. Sou da opinião que combinado não é caro… Então, vamos fazer o combinado??? 
Depois o pedreiro que também não cumpre com o combinado, nesse caso por pura falta de planejamento e também má vontade. Me considero uma pessoa exigente sim. Gosto das coisas bem feitas. E não vejo nada de mau nisso uma vez que não exijo dos outros nada que eu não exigiria de mim mesma. Não reclamo do preço que me cobram, mas como cidadã pagante me sinto no direito de receber um trabalho de qualidade, principalmente quando se cobra e muito bem por isso. 

O prometido era terminar tudo em 8 dias, mas demoraram 15! Só quase o dobro do tempo! Isso para quem se programa e está com os dias contados pode ser caótico! Sem contar a incapacidade do ser de conseguir fazer uma lista com todo o material necessário para efetuar o trabalho. Será que é tão difícil assim para quem trabalha a mais de 10 anos na área conseguir mensurar o material para fazer um trabalho???? Eram várias idas diárias a casas de materiais de construção para compra de materiais. Umas coisas faltaram e outras sobraram… Será que ele sabia contar??? Fiquei com essa dúvida, sinceramente…

Mas o pior, o ápice foi no final… Conforme o tempo diminuia o mesmo acontecia com a qualidade do trabalho, justamente no acabamento onde se deve gastar mais tempo e caprichar mais. Resumindo, era impossível continuar com tanta má vontade e ignorância. Meu marido o dispensou e está terminando de fazer as coisas que ficaram faltando e, modéstia à parte, melhor impossível.

Mas o revoltante e difícil de entender é como o ser humano consegue ser tão idiota, só falando assim mesmo. A pessoa consegue um trabalho, podería ganhar em 8 dias (se cumprisse o prazo combinado) o que muita gente que estuda a vida inteira não ganha em um mês de trabalho e mesmo assim não dá o devido valor. Não se importa em fazer um trabalho de qualidade e muito menos em fidelizar o cliente. Pedreiros, pintores, etc estão se tornando uma mão de obra cada vez mais escassa, por isso profissionais não são mais tão acessíveis como há um tempo atrás. Talvez por isso na cabeça medíocre dele o fez responder o seguinte quando foi pedido que ele refizesse uma parte mal feita: “O que é isso? O mercado hoje em dia não está para ser exigente não… Do jeito que está tem que ficar”… Lamentável…

Mas de qualquer forma fica a dica: ao contratar um pedreiro, pintor, etc. façam um contratinho básico incluíndo um prazo limite para o final da obra e com um percentual que será descontado em caso de atraso e possíveis avarias em sua casa. Sim, porque além do trabalho mal feito, o dito cujo ainda sujou o que podia e o que não podia…

No final das contas estamos acertando as coisas e terminando o que faltou e tudo ficará como queremos, mas bem que as coisas poderíam ser mais tranquilas!

E por fim se quiserem saber quem foi o “bendito” pedreiro incompetente entrem em contato direto comigo. Poderei lhes alertar para que vocês não sejam vítimas desse péssimo profissional.

Share
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *