Intolerância

Hoje li a notícia de uma mãe que mobilizou a internet para defender e pelo menos tentar evitar que sua filha sofra bullying. Tudo isso porque seus “coleguinhas” não aceitam o fato dela ser fã de Star Wars simplesmente pelo fato de ser uma menina.

Eu particularmente aprecio a saga do Jedis e vejo nela muitos ensinamentos que podem ser muito úteis em nosso dia a dia, principalmente no que tange a caracter e as consequências de nossas escolhas. Mas nem me aprofundarei nesse ponto, pois gosto é gosto e não se discute, no máximo se lamenta.

O fato é que fico indignada e perplexa em como os gostos de uns podem incomodar tanto a outros. Será que é tão difícil assim conviver com a coleguinha ao lado que curte ir à escola com uma garrafa de água estampada com seus personagens preferidos?  As crianças tendem a ser cruéis, até pela inocência de não terem noção de como suas palavras podem afetar ao colega. Mas e os pais, será que não os orientam?

O duro é que, infelizmente para alguns pais essa pode ser uma tarefa impossível, uma vez  que eles mesmo são intolerantes com muitas coisas…

Uma pena, pois acredito que o futuro é das crianças, afinal, eles serão os adultos de amanhã. E, infelizmente se não forem corrigidos e orientados à tempo evoluirão dos xingamentos infantis  para atacar pessoas inocentes que passam nas ruas com lâmpadas fosforescentes, chefes que assediam moralmente seus funcionários e por aí vai…

Sorte da Katie que tem uma mãe esclarecida que lhe ensina que ” é bom ser diferente. Nem todas as meninas precisam beber água de garrafas de água cor-de-rosa”.

Share
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *